Terça-feira, 02 de Setembro de 2014 PAGINA INICIAL    
 
 
Entenda como o consumo elevado de sal pode ge...
Unicamp vai implantar em Limeira Museu da Nut...
Asbran completa 65 anos e faz festa no Dia do...
Título de Especialista: confira os aprovados ...
Brasileiro consome mais que o dobro do sal re...
 
Listar todas
 
 

 

 

 
         Imprimir      enviar   


Entenda como o consumo elevado de sal pode gerar doenças


01/09/2014


Você sabia que o consumo elevado de sódio pode acelerar o processo de envelhecimento? Este é apenas um dos problemas que o abuso no consumo desta substância, que compõe o sal de cozinha, provoca, entre tantos que preocupam as autoridades de saúde no mundo todo.

Os efeitos negativos no nosso organismo são grandes e estão relacionados ao aumento no risco de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), entre elas a hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, doenças renais e aumento de doenças autoimunes. O consumo elevado também agrava a osteoporose e afeta o paladar.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) o consumo de sódio pelo brasileiro está em torno de 12 gramas diários, quantidade que ultrapassa o dobro do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (2g de sódio por pessoa ao dia, equivalente a 5g de sal).

Em razão disso a Rede Asbran e Filiadas lança mais uma etapa da campanha nacional que busca incentivar a redução do consumo de sal e açúcar na população brasileira, deflagrada em julho.

O sódio é importante para nosso organismo, pois é responsável pela regulação da quantidade de líquidos que ficam dentro e fora das células. Mas, quando há excesso do nutriente no sangue, ocorre uma alteração no equilíbrio entre esses líquidos. O organismo retém mais água, o que aumenta o volume de líquido, sobrecarregando o coração e os rins, situação que pode levar à hipertensão.

A primeira medida a ser tomada para diminuir o consumo de sódio é observar as informações nutricionais no verso das embalagens ao comprar alimentos industrializados. O ideal é sempre escolher aquele que apresentar menos sódio. Outra recomendação muito importante é “não acrescentar sal ao alimento já preparado”, adverte a nutricionista da equipe Asbran, Telma Oliveira.

Para manter-se informado, consulte outras reportagens sobre a campanha no nosso Portal. Se tiver dúvida, faça contato.


 

Título Especialista

 Associe-se já

Biblioteca virtual

Fique atento e acompanhe no site todas as informações sobre a nova edição em 2014.

Conheça as vantagens em ser sócio da Rede Asbran e Filiadas e acesse o sistema on-line.

Acesse aulas do CONBRAN, links, faça download de legislações e arquivos científicos.

       

Memória ASBRAN

Conheça a história da ASBRAN, veja fotos antigas e mensagens acessando o site comemorativo das Bodas de Diamante. Clique aqui

Conheça a RASBRAN

A RASBRAN é a publicação oficial científica da Associação Brasileira de Nutrição, distribuída a todos os filiados. Clique aqui para conhecer.

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 

Pesquise no site 

  

Boletim informativo eletrônico


Seu nome

Seu e-mail

estudante

nutricionista

outros

ASBRAN © 2004-2013 | Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Prossiga COM
Telefone em SP - (11) 3257-0277 | E-mail: secretaria@asbran.org.br

 

 

facebook     youtube