Dia Nacional da Saúde e Nutrição: comemorar sem se acomodar

Postado em 27/03/2014 |


Neste 31 de maeço o Brasil tem a oportunidade de debater e avaliar a importância das
práticas nutricionais e as políticas públicas voltadas a elas. Na agenda do país, comemora-se o Dia Nacional da Saúde e Nutrição. Há motivos para celebrar? Sim, mas não para se acomodar, diz a presidente da Asbran, Marcia Fidelix.

A Nutrição tem avançado muito no Brasil e, consequentemente, imposto aos profissionais do
setor uma nova pauta: melhoria da formação, aperfeiçoamento da qualificação profissional e
mais voz diante de uma sociedade faminta por saúde.

Não é à toa que recentes pesquisas apontam que os brasileiros estão mais preocupados com a qualidade dos alimentos e com o que consomem à mesa. Os nutricionistas têm contribuição nestes resultados ao tomarem à frente a discussão de políticas públicas de Segurança Alimentar e Nutricional. Nunca se falou tanto em Nutrição.

Mas é bom destacar que esta Ciência não se limita a saciar a fome de maneira adequada. A
Nutrição também envolve aspectos ligados ao consumo e à sustentabilidade. Não por acaso,
a ASBRAN e suas filiadas colocaram como carro-chefe nas últimas edições do CONBRAN - Congresso Brasileiro de Nutrição vários temas ligados aos "Objetivos de Desenvolvimento do Milênio".

Como compromisso assumido diante destes desafios, diversos países, desde 1990, têm trabalhado
para reduzir a fome no mundo pela metade. E as metas têm 2015 como ano para conclusão da lição
de casa. No Brasil, o objetivo é reduzir para 2,1% a população de famintos e já há motivos
para celebrar.

Segundo dados oficiais do governo, a meta da o­nU foi alcançada pelo Brasil em 2002. Em 2007, a
meta nacional de reduzir a porcentagem de pobres a ¼ da de 1990 também foi cumprida e superada
em 2008.

Mas ainda há um longo caminho do governo em superar índices extremamente negativos na área de
saúde e enfrentar o grave problema da obesidade, que atinge cada vez mais crianças e
adolescentes.

ALIMENTAÇÃO ADEQUADA

Recentes pesquisas confirmam que o brasileiro está mais atento à qualidade do alimento que
consome. Se é resultado ou não de campanhas, atuação do profissional de Nutrição ou ainda da
multiplicação de informação não se sabe ao certo. Mas o fato é que tornou-se inegável a
importância do nutricionista quando o assunto é saúde.

Em 2010 uma pesquisa realizada a pedido da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São
Paulo) sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil revelou mudanças apontando nova
postura do brasileiro na procura por alimentos mais nutritivos. Cerca de 69% dos entrevistados
relataram ler os rótulos da embalagem, sendo que 52% se preocupam com valor calórico, 39% com
a porcentagem de gordura e apenas 8% com a porcentagem de sódio. Este, aliás, tem sido um grande vilão em nossas mesas, levando o governo a firmar acordo para reduzir a reduzi-lo em alimentos industrializados. O sódio é considerado um importante fator no desenvolvimento e na intensidade da hipertensão arterial.

Recentemente pesquisa da Associação das Empresas de Refeição e Alimentação sobre os hábitos alimentares dos brasileiros também reforça a mudança no perfil do brasileiro que busca consumir alimentos saudáveis. A pesquisa aponta que o consumo de sucos naturais aumentou 70% no Brasil e a preferência por frutas, verduras e legumes cresceu mais de 60%.

No início deste ano, o portal HelloFood, da mesma forma, trouxe boas notícias ao informar sobre pesquisa no setor de restaurantes delivery em várias cidades que apontou uma queda no consumo de frituras e refrigerantes e prioridade em saladas, sopas e refeições com baixas calorias.

Se há bons motivos para marcar o Dia Nacional da Saúde e Nutrição, há também outros motivos para refletir sobre desafios a serem enfrentados, como a redução de sal e açúcar no consumo doméstico, mudanças na rotulagem dos alimentos e políticas públicas realistas e preventivas.

Navegue no portal

O Portal da Asbran está sempre com novidades para melhor atender você. Aqui você vai encontrar muita informação, acessar publicações, resgatar a memória e conferir o calendário de eventos.

TÍTULO DE ESPECIALISTA

em nutrição

CONBRAN

congresso de nutrição

CANAL ASBRAN

vídeos

MEMÓRIA ASBRAN

nossa história

REDE ASBRAN

associe-se

REVISTA DA ASBRAN

eletrônica

AGENDA DA NUTRIÇÃO

eventos programados

PRONUTRI

nutrição clínica