Estados realizam conferências para discutir saúde da mulher

Postado em 15/05/2017 |

15/05/2017

Vai começar a etapa estadual das Conferências de Saúde das Mulheres. Este mês os municípios concluem seus encontros e definem os delegados que participarão das conferências nos Estados. Os eventos são preparatórios para a 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres, etapa nacional prevista para os dias 1 a 4 de agosto, em Brasília. Os delegados escolhidos nas etapas estaduais terão direito a voto no encontro final.
 
Com o tema “Saúde das Mulheres: Desafios para a Integralidade com Equidade”, a 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres recupera um processo de mobilização social que tem no centro a implementação da política nacional de atenção integral à saúde das mulheres. A primeira Conferência Nacional de Saúde e Direitos da Mulher aconteceu em 1986, e após 30 anos retoma as discussões e reúne as mulheres para pensar a política nacional de saúde. 
 
Segundo documento do Conselho Nacional de Saúde, integrado pela Asbran, as mulheres no Brasil representam hoje 51,4% da população, isto é, são 103,5 milhões e destas 37,3% são responsáveis pelo sustento das famílias, vivem mais do que os homens, porém adoecem com mais frequência, segundo dados do IBGE/2011, que revelam a crescente participação das mulheres nos indicadores da economia e no sustento de famílias. No entanto, mais que isso, a inserção delas no mundo
do trabalho é importante para seu crescimento pessoal, emocional, intelectual, social, político e cidadão.
 
Os desafios são gigantescos porque o trabalho é fortemente organizado a partir da divisão sexual. O que se pretende é que a Conferência seja o espaço político de debate de ideias, de enraizamento de valores e práticas para o desenvolvimento da capacidade de formulação que propicie o crescimento da força das mulheres para se livrarem do jugo patriarcal, do machismo, do sexismo e da misoginia e que contribua para o avanço do controle social no SUS, para a garantia da atenção integral à saúde das mulheres, sem qualquer forma de preconceito e discriminação.
 
Para auxiliar nas discussões, o próprio CNS lançou no ano passado o Documento Orientador da 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres (CNSMu). Para acessá-lo clique AQUI.
 

Navegue no portal

O Portal da Asbran está sempre com novidades para melhor atender você. Aqui você vai encontrar muita informação, acessar publicações, resgatar a memória e conferir o calendário de eventos.

TÍTULO DE ESPECIALISTA

em nutrição

CONBRAN

congresso de nutrição

CANAL ASBRAN

vídeos

MEMÓRIA ASBRAN

nossa história

REDE ASBRAN

associe-se

REVISTA DA ASBRAN

eletrônica

AGENDA DA NUTRIÇÃO

eventos programados

PRONUTRI

nutrição clínica